É recomendável utilizar Carvão Ativado para o clareamento dental?

É recomendado utilizar Carvão Ativado para o clareamento dental?

Provavelmente você já deve ter recebido alguma dica de clareamento milagroso, ou até mesmo se deparado com um anúncio em suas redes sociais apresentando o carvão ativado como a solução ideal para ter um sorriso ainda mais branco.

Com a promessa de clareamento dental com baixo custo de investimento e menor tempo para alcançar os resultados perfeitos, o carvão ativado tem ganhado muita popularidade nos últimos anos. Mas será que esses resultados realmente são reais e livres de consequências?

O Carvão Ativado realmente é eficaz?

Ainda não há comprovação científica sobre a eficácia dos produtos compostos por agentes abrasivos como é o caso do carvão ativado, portanto, devemos alertar os pacientes para os riscos que essa solução pode causar à saúde bucal, e suas consequências a médio e longo prazo.

O uso do carvão ativado pode desenvolver sérios problemas à saúde bucal. Confira:

  • As partículas do carvão são bastante abrasivas: Isso quer dizer que, quando utilizado durante a escovação, o carvão ativado, que é um substância abrasiva, provoca “micro-arranhões” no esmalte do dente, ou seja, ele causa um desgaste removendo detritos e deixando os dentes supostamente mais “claros”. Entretanto, nesse processo ocorre a deterioração da camada externa, (o esmalte do dente), deixando a sua estrutura mais suscetível à sensibilidade, manchas, problemas gengivais, além de poder até mesmo causar a perda da vitalidade dental.
  • Desgaste do esmalte: Ao danificar o esmalte e deixar a dentina mais exposta, o paciente irá se queixar do efeito oposto, a sensação de dentes amarelados devido ao seu desgaste excessivo. Outra consequência é a forte dor causada pela sensibilidade dentária desenvolvida nesse meio tempo.
  • Saúde Bucal: Além da estrutura dos dentes serem danificadas, os tecidos gengivais podem sofrer irritação devido os agentes abrasivos presentes no produto utilizado, o que durante algum tempo pode desenvolver inflamações, retração gengival, ou até mesmo gengivite, problemas que devem ser tratados sob orientação do Cirurgião-Dentista.

Qual clareamento é mais indicado?

Com a análise e acompanhamento correto, o Cirurgião-Dentista irá avaliar o caso de cada paciente, assim como a sua rotina, e indicar as melhores opções, dentre elas, o clareamento realizado em consultório, que promove excelentes resultados após algumas sessões. Outra opção é o uso de molde específico com um produto indicado pelo dentista responsável para realizar as aplicações em casa, apesar de ser um tratamento um pouco mais prolongado, os seus resultados surpreendem.

Ou seja, corra de promessas milagrosas que não possuem comprovações sobre a sua eficácia.
Procure um cirurgião dentista de sua confiança e realize um clareamento de qualidade, que garanta os resultados de excelência e preserve a saúde dos seus dentes.

Com o IDO o seu sorriso está em boas mãos.